• CPV

EvaVol: E-validation of learning outcomes from volunteering


É certo que os voluntários ganham saberes importantes através da sua actividade de voluntariado. Mas pode ser complicado articular esses saberes e fazer a transição do conhecimento, habilidades e competências adquiridas com o voluntariado em créditos utilizáveis no Ensino Superior.

O processo de validação dos saberes adquiridos através da Educação não-formal e informal tem, usualmente, quatro fases: identificação, documentação, avaliação e certificação.

Na maior parte dos casos existem organizações voluntárias que podem apoiar as fases de identificação e documentação dos saberes adquiridos pelos voluntários, deixando a estes o desafio de conseguir efectuar a avaliação desses saberes por uma instituição formal de educação, enquanto parte de qualificações formais.

Este é um dos principais obstáculos para a validação de saberes adquiridos através da prática do voluntariado.


O projeto EvaVol visa criar a primeira plataforma online, aberta e multilingue, para informação, formação, guia e apoio de voluntários durante a transição entre as fases de documentação e avaliação do processo de validação de saberes adquiridos através do voluntariado.