A Confederação Portuguesa do Voluntariado (CPV) foi constituída a 19 de janeiro de 2007.

Pretende dar voz aos voluntários de Portugal e contribuir para a defesa dos seus direitos e interesses. Para isto, representa as organizações que dependam do voluntariado para a prossecução da sua missão, quaisquer que sejam os seus domínios de atividade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Algumas das actividades que realiza são:

- Participação em grupos de trabalho, a partir dos quais cada confederada contribui com o seu saber-fazer em prol do voluntariado;
- Prestação de formação a entidades terceiras, workshops, seminários, conferências, congressos, e demais atividades de mentoria e capacitação das organizações no âmbito do voluntariado;
- Contactos com Governo e Parlamento sobre a legislação do Voluntariado;

- Representação em eventos relativos a voluntariado;
- Estabelecimento de parcerias em projetos nacionais, com entidades do terceiro setor e autarquias, relacionados com o seu objeto social;
- Presença internacional ativa, desde 2010, que passa não só pela representação na direção do Centro Europeu de Voluntariado, como também pela integração em parcerias de projetos internacionais e pela presença interventiva em eventos internacionais, como congressos;
- Dois projetos-bandeira, um ao nível do reconhecimento dos voluntários – o Troféu Português do Voluntariado – e outro ao nível do reconhecimento de boas práticas de gestão em Voluntariado – o Selo de Qualidade Join4Change®;

- Promoção do Congresso Português do Voluntariado.

Os seus objectivos são:

- Representar o voluntariado de Portugal;

- Preservar e atualizar a identidade do voluntariado;

- Cooperar com as organizações federadas:

. na criação, desenvolvimento e qualificação das organizações de voluntariado;
. na qualificação dos voluntários e do respetivo trabalho;
. no melhor enquadramento dos voluntários nas diferentes organizações promotoras;

- Atuar na cooperação entre as organizações de voluntariado e entre estas e outras entidades;

- Intensificar o papel do voluntariado na sociedade portuguesa;

- Recolher, tratar e difundir informações sobre o voluntariado;

- Promover a realização de estudos sobre o voluntariado;

- Efetuar avaliações periódicas da situação e do papel do voluntariado.

A Confederação Portuguesa do Voluntariado congrega atualmente 35 organizações de voluntariado e promotoras de voluntariado - associações singulares, federações e confederações - com variados objetos de atuação, de âmbito nacional.